2.6.09

Equipe Atalaias de Cristo

 Evento evangelístico

                                                                                                                

Este evento foi no aniversário de São Paulo, dia 25/01/09, na comunidade da Vila Alba (Jabaquara) SP. Nossa equipe (Atalaias de Cristo - Catedral Santo Amaro), distribuiu leite, além de corte de cabelos, orientação juridica, etc…

Contamos com a ajuda de alguns profissionais de cada área especifica,

além da colaboração dos evangelistas e do pastor daquela região. 

Evento Vila Alba       Evento Vila Alba      Evento Vila Alba (corte de cabelos) 

“Jesus era simples, mas na simplicidade Dele, trouxe a Salvação e a libertação para nossas vidas. Através da nossa fé, temos a garantia de solução para os nossos problemas. Os cristãos nunca devem desistir da luta, mas perseverar e lutar unidos na mesma fé, pois Deus honra todos os que O buscam em espírito e em verdade.” Bispo Macedo

 Então… Ide!

 

evangelizacaoiurd    12:42 — Arquivado em: Sem categoria


Vencendo o seu eu

.
Livre-se do orgulho e viva

Agência Unipress Internacional
Nilbe Shlishia

O orgulho é um sentimento egoísta, uma admiração pelo próprio mérito, excesso de amor-próprio; arrogância, soberba e imodéstia. O primeiro sentimento ruim a nascer em Lúcifer.

No Antigo Testamento, encontramos documentada a história de satanás, que indica que este foi criado por Deus como um anjo governante chamado Lúcifer, com grandes poderes. O orgulho, porém, o levou a se rebelar contra Deus (conforme Isaías 14:12-14; Ezequiel 28:12-15). Arrasado pelo pecado, Lúcifer é transformado em satanás. O nome significa inimigo ou adversário, e satanás é um poderoso anjo decaído, intensamente hostil a Deus e antagonista do povo de Deus.

Em provérbios 6:17 as Escrituras Sagradas revelam que Deus detesta o orgulho. Isso merece a atenção do homem, pois no mesmo livro, um pouco mais à frente, no capítulo 20:32, consta que o orgulho é totalmente sem fundamento e, portanto, estúpido e irracional. Ainda em Provérbios, parece que Deus quis deixar bem clara para o homem uma série de avisos com respeito a esse sentimento. No capítulo 3:7, é dito que a pessoa orgulhosa é sábia aos seus próprios olhos.

É importante lembrar que Deus destruiu Sodoma e Gomorra devido o orgulho daquele povo. A prostituições e outros pecados, vieram depois como conseqüência.

Uma pessoa orgulhosa só consegue se libertar desse sentimento se for capaz de reconhecê-lo, pois fica naturalmente camuflado. Dificilmente um orgulhoso reconhecerá que o é. Quando alguém reconhece sua própria responsabilidade pelo pecado, evita a ilusão de ser algo quando não é (Gálatas 6:1-5).

Pedir a Deus humildade é um começo, mas é certo que o Senhor prova a cada um segundo o seu coração. Existem pessoas que respiram tanto orgulho que a dor e a humilhação parecem ser o único meio pelo qual a humildade pode ser aprendida.

O Senhor sempre estará aberto para receber o clamor de seu povo. “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.” (2 Crônicas 7:14)

evangelizacaoiurd    12:39 — Arquivado em: Sem categoria — Tags:, , , ,


5.3.09

O ÚLTIMO FOLHETO !!!

Todos os domingos à tarde, depois do culto da manhã na igreja, o pastor e seu filho de 11 anos saíam pela cidade e entregavam folhetos evangelísticos.

Numa tarde de domingo, quando chegou à hora do pastor e seu filho saírem pelas ruas com os folhetos, fazia muito frio lá fora e também chovia muito.
O menino se agasalhou e disse: -’Ok, papai, estou pronto. ‘
E seu pai perguntou: -’Pronto para quê?’ -’Pai, está na hora de juntarmos os nossos folhetos e sairmos.
‘ Seu pai respondeu: -’Filho, está muito frio lá fora e também está chovendo muito. ‘
O menino olhou para o pai surpreso e perguntou:
-’Mas, pai, as pessoas não vão para o inferno até mesmo em dias de chuva?’
Seu pai respondeu: -’Filho, eu não vou sair nesse frio. ‘
Triste, o menino perguntou: -’Pai, eu posso ir? Por favor!’
Seu pai hesitou por um momento e depois disse: -’Filho, você pode ir. Aqui estão os folhetos. Tome cuidado, filho. ‘
-’Obrigado, pai!’

Então ele saiu no meio daquela chuva. Este menino de onze anos caminhou pelas ruas da cidade de porta em porta entregando folhetos evangelísticos a todos que via. Depois de caminhar por duas horas na chuva, ele estava todo molhado, mas faltava o último folheto. Ele
parou na esquina e procurou por alguém para entregar o folheto, mas as ruas estavam totalmente desertas.
Então ele se virou em direção à primeira casa que viu e caminhou pela calçada até a porta e tocou a campainha. Ele tocou a campainha, mas ninguém respondeu. Ele tocou de novo, mais uma vez, mas ninguém abriu a porta. Ele esperou, mas não houve resposta. Finalmente, este soldadinho de onze anos se virou para ir embora, mas algo o deteve. Mais uma vez, ele se virou para a porta, tocou a campainha e bateu na
porta bem forte. Ele esperou, alguma coisa o fazia ficar ali na varanda. Ele tocou de novo e desta vez a porta se abriu bem devagar. De pé na porta estava uma senhora idosa com um olhar muito triste.
Ela perguntou gentilmente: -’O que eu posso fazer por você, meu filho?’
Com olhos radiantes e um sorriso que iluminou o mundo dela, este pequeno menino disse:
-’Senhora, me perdoe se eu estou perturbando, mas eu só gostaria de dizer que JESUS A AMA MUITO e eu vim aqui para lhe entregar o meu último folheto que lhe dirá tudo sobre JESUS e seu grande AMOR. ‘
Então ele entregou o seu último folheto e se virou para ir embora.

Ela o chamou e disse: -’Obrigada, meu filho!!! E que Deus te abençoe!!!’

Bem, na manhã do seguinte domingo na igreja, o Papai Pastor estava no púlpito. Quando o culto começou ele perguntou: - ‘Alguém tem um testemunho ou algo a dizer?’ Lentamente, na última fila da igreja, uma senhora idosa se pôs de pé. Conforme ela começou a falar, um olhar glorioso transparecia em seu rosto. - ‘Ninguém me conhece nesta igreja. Eu nunca estive aqui. Vocês sabem antes do domingo passado eu não era cristã. Meu marido faleceu a algum tempo deixando-me totalmente sozinha neste mundo. No domingo passado, sendo um dia particularmente frio e chuvoso, eu tinha decidido no meu coração que eu chegaria ao fim da linha, eu não tinha mais esperança ou vontade de viver. Então eu peguei uma corda e uma cadeira e subi as escadas para o sótão da minha casa. Eu amarrei a corda numa madeira no telhado, subi na cadeira e coloquei a outra ponta da corda em volta do meu pescoço. De pé naquela cadeira, tão só e de coração partido, eu estava a
ponto de saltar, quando, de repente, o toque da campainha me assustou.
Eu pensei: -’Vou esperar um minuto e quem quer que seja irá embora. ‘ Eu esperei e esperei, mas a campainha era insistente; depois a pessoa que estava tocando também começou a bater bem forte. Eu pensei: -’Quem neste mundo pode ser? Ninguém toca a campainha da minha casa ou vem me visitar. ‘ Eu afrouxei a corda do meu pescoço e segui em direção à porta, enquanto a campainha soava cada vez mais alta.

Quando eu abri a porta e vi quem era, eu mal pude acreditar, pois na minha varanda estava o menino mais radiante e angelical que já vi em minha vida. O seu SORRISO, ah, eu nunca poderia descrevê-lo a vocês! As palavras que saíam da sua boca fizeram com que o meu coração que estava morto há muito tempo SALTASSE PARA A VIDA quando ele exclamou com voz de querubim: -’Senhora, eu só vim aqui para dizer QUE JESUS A AMA MUITO. ‘ Então ele me entregou este folheto que eu agora tenho em minhas mãos. Conforme aquele anjinho desaparecia no frio e na chuva, eu fechei a porta e atenciosamente li cada palavra deste folheto. Então eu subi para o sótão para pegar a minha corda e a cadeira. Eu não iria precisar mais delas. Vocês vêem - eu agora sou uma FILHA FELIZ DO REI!!! Já que o endereço da sua igreja estava no verso deste folheto, eu vim aqui pessoalmente para dizer OBRIGADO ao anjinho de Deus que no momento certo livrou a minha alma de uma eternidade no inferno. ‘ Não havia quem não tivesse lágrimas nos olhos na igreja. E quando gritos de louvor e honra ao REI ecoaram por todo
o edifício, o Papai Pastor desceu do púlpito e foi em direção a primeira fila onde o seu anjinho estava sentado. Ele tomou o seu filho nos braços e chorou copiosamente.

Provavelmente nenhuma igreja teve um momento tão glorioso como este e provavelmente este universo nunca viu um pai tão transbordante de amor e honra por causa do seu filho… Exceto um. Este Pai também permitiu que o Seu Filho viesse a um mundo frio e tenebroso.
Ele recebeu o Seu Filho de volta com gozo indescritível, todo o céu gritou louvores e honra ao Rei, o Pai assentou o Seu Filho num trono acima de todo principado e potestade e lhe deu um nome que é acima de todo nome. Bem aventurados são os olhos que vêem esta mensagem. Não deixe que ela se perca, leia-a de novo e passe-a adiante.

 

Lembre-se: a mensagem de Deus pode fazer a diferença na vida de alguém próximo a você. Não tenha medo ou vergonha de compartilhar esta mensagem maravilhosa. Que Deus te abençoe!!!

evangelizacaoiurd    12:51 — Arquivado em: Sem categoria


14.11.08

O Barquinho

"Refrigera a minha alma; guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome" Salmos 23:3

Conta-se a história de um menino que estava brincando com seu barquinho no lago.

De repente, o barquinho se afastou dele.

Um homem, que estava por perto, viu a cena e começou a atirar pedras na água, adiante do barquinho.

O menino perguntou:
- O que você esta fazendo?

De repente, algo muito interessante aconteceu. Quando as pedras bateram na água, produziram ondas que empurraram o barquinho de volta ao menino.
Embora as pedras tivessem agitado a água tranqüila do lago, elas alcançaram o efeito desejado.

É assim que Deus procede, às vezes.
Quando nos afastamos de sua presença, Ele atira pedras adiante de nós para nos forçar a retornar à praia de seu amor.

 

Tony Evans

evangelizacaoiurd    12:12 — Arquivado em: Sem categoria


12.11.08

O Valor da Bíblia

 

Há muitos anos, existiu um homem muito rico que no dia do seu aniversário convocou a criadagem a sua sala para receberem presentes.
Colocou-os a sua frente na seguinte ordem: cocheiro, jardineiro, cozinheira, arrumadeira e o pequeno mensageiro.
Em seguida dirigindo-se a eles, explicou o motivo de os haver chamado até ali e, por fim, fez-lhes uma pergunta, esperando de cada um a sua própria resposta. Essa foi a pergunta feita:
- O que prefere você receber agora: esta Bíblia ou este valor em dinheiro?
- Eu gostaria de receber a Bíblia. Respondeu pela ordem o cocheiro.
- Mas, como não aprendi a ler, o dinheiro me será bastante mais útil!
Recebeu então a nota, de valor elevado na época, e agradeceu ao patrão. Esse pediu-lhe que permanecesse em seu lugar.
Era a vez do jardineiro fazer a sua escolha e, escolhendo bem as palavras, falou:
- Minha mulher está adoentada e por esta razão tenho necessidade do dinheiro; em outra circunstância escolheria, sem dúvida, a Bíblia.
Como aconteceu com o primeiro, ele também permaneceu na sala após receber o valor das mãos do patrão. Agora, pela ordem, falaria a cozinheira, que teve tempo de elaborar bem a sua resposta:
- Eu sei ler, porém, nunca encontro tempo para sequer folhear uma revista; portanto, aceito o dinheiro para comprar um vestido novo.
- Eu já possuo uma Bíblia e não preciso de outra; assim, prefiro o dinheiro. Informou a arrumadeira, em poucas palavras.
Finalmente, chegou a vez do menino de recados. Sabendo-o bastante necessitado, o patrão adiantou-se em dizer-lhe:
- Certamente você também ira preferir dinheiro, para comprar uma nova sandália, não é isso, meu rapaz?
- Muito obrigado pela sugestão. De fato estou precisando muito de um calçado novo, mas vou preferir a Bíblia. Minha mãe me ensinou que a Palavra de Deus é mais desejável do que o ouro… Disse o pequeno mensageiro.
Ao receber o bonito volume, o menino feliz o abriu e nisso caiu aos seus pés uma moeda de ouro. Virando outras paginas, foi deparando com outros valores em notas. Vendo isso, os outros criados perceberam o seu erro e envergonhados
deixaram o recinto.
A sós com o menino, disse-lhe comovido o patrão: "Que Deus o abençoe, meu filho, e também a sua mãe, que tão bem o ensinou a valorizar a Palavra de Deus."

Pense agora: "O quê pode ser mais valioso do que a palavra de Deus ?"
Tudo aquilo que nós precisamos, Deus tem e deseja que tenhamos.
A nós, basta aceitar o que Ele nos oferece…

Fonte: http://www.jesusvoltara.com.br/meditar/meditar08.htm

 

evangelizacaoiurd    10:59 — Arquivado em: Sem categoria


23.10.08

Como está sua familia?

O caso recente de Eloá, nos faz refletir sobre nosso papel, seja em casa, no trabalho, escola ou faculdade.

 

Quantas não são as famílias que são destruídas, casos como o de Eloá, não são novidade. Não é preciso ir muito longe pra sabermos de vários outros casos, muito mais graves do que este.

 

Será que temos dado a devida importância  a nossa familia?

A correria do dia-a-dia pode nos tornar muitas vezes negligentes, e este caso pode acontecer com qualquer familia.

 

Muitas vezes ajudamos espiritualmente pessoas que nem sequer conhecemos, e ao nosso lado, um familiar nosso pode estar precisando de apenas uma palavra de fé, de conforto, de ânimo!

 

 E quando digo familiar, pode ser alguém que trabalha com você, que estuda com você, alguém próximo.

 

  Que Deus nos dê sempre um coração sensível a sua vontade, um coração submisso, um coração espiritual.  

 

Jesus se misturava com as pessoas sofridas, porque ali elas precisavam dele.

 

Será que você está onde pode ajudar alguém?

 

Fiquem com Deus.

 

Ana Paula - In God I Trust

evangelizacaoiurd    10:24 — Arquivado em: Sem categoria


14.8.08

O Caminho a seguir

 

.
A dúvida é um espírito maligno com planos malignos. É como um vírus espiritual altamente contagioso

Às vezes conversamos com uma pessoa e temos a impressão de que, mesmo nos olhando, ela não está nos ouvindo. Ela está perdida em seus próprios pensamentos, alguns até mesmo preocupantes. Se, ao menos, pudéssemos ver aquele balãozinho animado usado para descrever os pensamentos, talvez leríamos: “Será que essa não é a vontade de Deus?”, ”Será que eu estou realmente liberto?”, “Será que esse problema vai piorar?”, ”Será que eu vou perder tudo?”. Então entenderíamos o porquê do semblante pensativo daquela pessoa.

Assim como a fé, a dúvida é espiritual. Ela é o oposto da fé; uma maneira de crer negativamente. Uma pessoa guiada por este tipo de negatividade está sempre dividida em relação aos assuntos importantes da vida. Não adianta enfrentá-los na força do braço porque é algo espiritual, e não físico.

Não existem medicamentos ou tratamentos contra as dúvidas. As pessoas, geralmente, tentam ter pensamentos positivos, mas sem sucesso, porque a dúvida não é algo que se dissipe com pensamentos bons. Algumas pessoas fazem terapia, mas, mesmo que se sintam bem por um tempo, a terapia não é suficiente para resolver o seu problema interior: dúvidas irritantemente insistentes.

A dúvida é um espírito maligno com planos malignos. É como um vírus espiritual altamente contagioso. Agora é possível entender por que o mal atrai o mal. Adolescentes rebeldes formam gangues. Pessoas enraivecidas formam grupos manifestantes. Quando as pessoas permitem que a dúvida as controlem, elas se tornam potenciais propagadoras dessa malignidade.

Só a fé possui um meio de neutralizar as nossas dúvidas, e esta é a razão pela qual o Senhor Jesus fez tantas referências a ela ao longo do Seu ministério. Ora, se o próprio Deus reconheceu a importância que ela tem, muito mais nós, insignificantes humanos falhos. A fé também é um espírito, mas que vem de Deus para fazer bem à raça humana. A prova disso é que as dúvidas sempre fazem as pessoas olharem para trás, para o seu passado, e tomarem decisões erradas com base em suas experiências negativas passadas. Mas a fé sempre nos impulsiona olhar para a frente e acreditar num futuro melhor.

Muitas pessoas, então, dirão: “Mas eu tenho fé!”. Talvez elas tenham fé, realmente, mas simplesmente não a usam como deveriam. Elas devem entender que existe a fé natural, que é comum como o ar que respiramos, e a fé sobrenatural, que vem com o ouvir a Palavra de Deus.

Ela é simples e efetiva. A pessoa ouve os pensamentos de Deus através da Sua Palavra e isso a leva a agir a sua fé natural de forma sobrenatural. Não tem outro jeito. Não há como usarmos a nossa fé sem Deus e não podemos receber nada dEle sem fé.

Então, se você tem se deixado vencer por todo tipo de dúvidas e tem enfrentado lutas em seu relacionamento, em sua família, em suas finanças ou em sua vida espiritual, lembre-se disto: dúvidas não resolverão nada. Para dizer a verdade, elas só atrairão mais dúvidas, assim como espíritos malignos atraem espíritos malignos.

Mude a sua maneira de pensar pela fé. Dê início a um relacionamento com Deus, ouvindo e praticando a Sua Palavra. Deus, certamente, abrirá seus olhos para que você veja que direção tomar, que caminho seguir.

Deus abençoe a todos.

Bispo Edir Macedo

evangelizacaoiurd    16:45 — Arquivado em: Sem categoria


13.8.08

Mundo Cristão

.

11/08/2008

Cientista americano, ex-ateu, rende-se ao Cristianismo

Francis Colin, cientista americano premiado e reconhecido pelas suas marcantes descobertas sobre genes na origem das doenças, e pela liderança do Projeto Genoma Humano que visa mapear todo o ADN humano, descreveu sua conversão ao Cristianismo diante de uma platéia internacional na Inglaterra.
"Na verdade não existe conflito entre a fé e a razão", disse Collins ao instituto internacional de Verão da Fundação CS Lewis, a Oxbridge 2008, na Igreja de St. Aldate em Cambridge.
"Como materialista empenhado na faculdade, eu assumia que o físico era tudo quanto existia", contou Collins, que em 1977 aos 27 anos de idade completou uma mudança de carreira - da Química para a Medicina, e tornou-se médico. Diz ele, que isto o fez confrontar-se com a dor e a morte cara-a-cara. "Esta foi uma virada dramática para mim. Os conceitos já não eram mais hipotéticos".

Collins disse que foi de fundamental importância a leitura de "Mere Christianity" de CS Lewis (publicado em português como Mero Cristianismo ou Cristianismo Puro e Simples). O livro teve início com uma série de sermões dados por Lewis em 1943. "Logo nas primeiras páginas, todos os meus argumentos acerca da fé caíram por terra. Foi tremendo… Lewis permanece como o meu melhor docente", disse. Em um ano, Collins tornou-se cristão.

Se você quiser saber mais sobre o autor de "Mere Christianity", acesse a página da Sociedade Brasileira CS Lewis.

Fonte: SRZD

evangelizacaoiurd    15:21 — Arquivado em: Sem categoria


5.8.08

Ser oferta viva!

.

O melhor dos melhores

Você já teve o desejo de ser o melhor… Melhor da classe, melhor do time, melhor filho, melhor professor, etc? Creio que todos nós já tivemos esse desejo, afinal de contas, todo ser humano quer ser mais, de uma maneira ou de outra.

Você já teve o desejo de ser o melhor… Melhor da classe, melhor do time, melhor filho, melhor professor, etc? Creio que todos nós já tivemos esse desejo, afinal de contas, todo ser humano quer ser mais, de uma maneira ou de outra.

Quando se diz respeito a espiritualidade de cada um, só é melhor quando se é revelado. Infelizmente, isso causa muita polêmica e crítica no meio evangélico por ser um assunto mal discernido e até mesmo abusado por muitos que se dizem profetas de Deus.

Sabemos perfeitamente que Deus se revela para manifestar a Sua vontade aos seus escolhidos. Ele tem revelado para muitos e quantas coisas maravilhosas tem acontecido devido a tanta revelação. Às vezes por passagens bíblicas que até já tínhamos lido várias vezes, e derrepente, basta meditar um pouquinho mais e parece que finalmente a ficha cai.

Deus abre o nosso entendimento de tal forma que percebemos novas coisas como: dar ofertas e ser a oferta.

No início, Deus passiava com Adão e Eva no jardim do Édem e havia harmonia, glória, e poder em Sua criação. Mas quando estes pecaram, Deus providenciou logo uma maneira para eles serem perdoados: a primeira oferta, sacrificando um animal para remir suas culpas diante D’ele. Mesmo sendo uma medida provisória adaptada por Deus, continuou por muitos anos sendo feitos sacrifícios de animais pelos homens para a remissão de seus pecados.

Até o dia que Deus enviou o seu Perfeito Sacrfício: Jesus Cristo, Seu único Filho, oferecido em troca por todos que O reconhecesse como o único Salvador.

Sempre houve oferta ou troca por algo desejado .Veja esta expressão de amor:’ porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu Seu Filho Unigento,para que todo o que N`ele crê não pereça,mas tenha a vida eterna.’ João 3:16

Ofertas são oferecidas de acordo com as crenças. No entanto, aprendemos ofertar espontãneamente e com amor quando meditamos na Palavra de Deus. Damos o nosso melhor, não só com ofertas em dinheiro mas como também a exemplo de Jó, com uma vida reta, íntegra, temente a Deus, e que se desvia do mal.

Não é fácil neste mundo manter uma vida assim, separada dos prazeres da carne. Mas Ele é digno do nosso melhor quando somos bons: pais, cônjuges, filhos, professores, alunos, vizinhos, patrões e empregados.

Se você é revelado e é uma verdadeira oferta, você sabe o que é ser melhor do que os melhores.

Na fé,
Ester Bezerra

evangelizacaoiurd    16:47 — Arquivado em: Sem categoria


24.7.08

Pregação do silêncio

Seu testemunho fala mais alto

Agência Unipress Internacional
Nilbe Shlishia

A Palavra sem a direção do Espírito Santo pode ter um efeito contrário. Uma pessoa que prega o evangelho, mas dá um mau testemunho de sua vida, certamente estará vacinando o seu ouvinte contra o Reino de Deus.
“. . . a letra mata, mas o espírito vivifica”. (2 Coríntios 3.6).

Infelizmente isso é bastante comum nos dias de hoje, muitas pessoas não se preocupam com suas atitudes ou com o que elas podem gerar no coração de quem as observa. Ser uma pessoa correta só traz benefícios, mesmo em um mundo corrupto. A questão é que isso não é opção para o cristão, mas regra.

É preciso cativar a alma das pessoas, com amor e dedicação. Quando se ganha amigos com bom testemunho certamente eles não se esquivarão de entregar o seu coração para Deus. Salomão chega dizer que é uma demonstração de sabedoria ter uma lista grande de amigos. Embora a distribuição de folhetos seja uma maneira inteligente de evangelizar, o testemunho de um cristão traz muito mais resultados para o Reino de Deus.

Assim também se aplica a conduta obediente, piedosa e carinhosa de uma esposa ao conquistar o marido sem palavras. Isso acontece porque os fatos falam mais alto e alcançam mais que as palavras.

O cristão precisa exalar o perfume de Jesus e ganhar almas até com o silêncio, através de uma postura correta, dando bom exemplo até nas pequenas atitudes! “Assim será a palavra que sair da minha boca; näo voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei.” (Isaías 55.11)

evangelizacaoiurd    12:20 — Arquivado em: Sem categoria
Posts mais antigos »


Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://evangelizacaoiurdsp.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.